8 de fev de 2009

A AJUDA NA HORA CERTA !

Olá amigos . . . A hora certa não é precedida apenas de alguma expectativa e impaciência para partilhar algum fato interessante e até festivo. É, também, precedida por um tempo impreciso de busca e inevitável angústia. No primeiro momento a hora certa é feliz. Com ou sem festa. Já no segundo, é exatamente o oposto. Parece um tempo interminável. E é inditoso, frustrante. A moçada certamente diria que não é "legal". Mas os dois momentos tem seus instantes de compensação e emoção. É quando esquecemos o tempo da perturbadora espera para, na hora certa, sentirmos o abraço da vitória, a manifestação da alegria. Para trabalhadores conscios dos comprometimentos assumidos e que de repente percebem-se integrantes também da enorme fila de desempregados no país, a hora certa que esperam chegar tanto quanto um nôvo emprêgo, é aquela em que recebem a confirmação do direito de passar a receber o seguro desemprêgo. Recentemente, pelo jornal A Notícia, na página Livre. Mercado, de Claúdio Loetz, assumida interinamente por Júlia Pitthan, soubemos que os requerimentos do "salário" ou seguro-desemprêgo, subiu em Joinville de 1.896 em dezembro de 2007, para 2.755 em 2008. Êsses números preocupam. Há, nêles, um crescimento em torno de 38%. Essa constatação, fala claramente que as perspectivas de emprêgo na região não vem sendo tão boas quanto eram. Na região, no último mês de 2008, foram fechados três mil postos de trabalho em Joinville. Por todo o estado, os pedidos do seguro que foram além de 20 mil, em dezembro de 2007, aumentaram para 25 mil em 2008. Um crescimento de 25%. Quem sabe o que significa perder o trabalho e quem entende as alterações e complicações que o fato pode originar na vida da família deduz, com certeza, a importancia e a legalidade do seguro desemprêgo. Pelo menos para atender em parte os compromissos, enquanto o novo emprego não chega. E tomara venha em tempo hábil. Mas não há como negar: É um socorro providencial. É de verdade, a ajuda na hora certa...

Nenhum comentário: