2 de jan de 2009

CÂMARA : O POVO GANHOU OU PERDEU ?

Olá amigos . . . Excetuando o livre procedimento antes da eleição e que envolve a busca de contatos, conversações, arranjos político-partidários e outros "alinhavos" inerentes às intenções gestoras dos articuladores direta ou indiretamente inseridos no processo, a eleição da câmara de vereadores de Joinville não trouxe, com ela, nenhum fato novo, nenhum lance de astúcia e estrategismo político, nem, tampouco, qualquer movimento "surprêsa" que fôsse capaz de causar impacto e fazer "o chão tremer". Dias antes, sinalização discreta mostrava o resultado que acabou confirmando-se. O próprio prefeito Carlito Mers, já tinha a informação do que poderia vir a acontecer. E que aconteceu. Cabe agora ao vereador Sandro Dalmiro da Silva (PPS), eleito novo presidente da Câmara de Vereadores, a responsabilidade de conduzir o legislativo com a honradez que o credencia ao cargo e com a democracia e a independencia apregoadas. E é bem aqui que saberemos, ao natural, se o povo ganhou ou perdeu. É só aguardar. Entre as duas "casas do povo", prefeitura e câmara, a ingerência de vozes políticas sussurradas nas sombras, "de fora prá dentro", em momento algum poderá ser admitida. O fato de pensar nesse "mando" sombrio, sorrateiro, complicador e altamente prejudicial às intenções de govêrno do prefeito Carlito Mers, sinaliza certa apreensão e reflexos nocivos à boa perfomance e à saúde política e consensual entre os dois poderes. E isso, veja bem, sem que paremos para comentar por um instante só, sobre as funestas consequências que o fato inevitavelmente traria para Sandro da Silva, o presidente. Por dois motivos: Por ser hoje um vereador de fato e de direito com raizes bem populares e bem mais afinadas com o discurso de quem entrou do que com o discurso de quem saiu e frustrado por não ter feito de Darci de Mattos seu substituto na prefeitura. O segundo motivo está na palavra colocada publicamente: êle repetiu que é governista (?) e vai apoiar Carlito (?). No pronunciamento, já como presidente eleito do legislativo, disse ... "queremos ajudar Carlito Mers a governar, aprovando o que ENTENDERMOS ser bom para Joinville" ... Nas declarações à imprensa, logo após a posse, disse, também que, no segundo turno, durante a campanha eleitoral, nas caminhadas e no contato com o povo, trabalhou pedindo votos para Carlito Mers. Deu a entender à todos e ao seu eleitorado em especial, que não modificará seu jeito de agir e pensar. Parece primar pela coerência. Seus eleitores, por certo, aprovam. Mas êle seguirá assim ? Bem, Agora é esperar para ver o que dirá o tempo, sempre implacável e revelador. O prefeito Carlito Mers, terá que mostrar bom preparo e provar quando fôr preciso, alto tirocínio gerenciador e administrativo. Comedido, jamais disperso, precisará ter a consciência que prefeitura e câmara, independentes e cordiais e sem que estejam uma na outra, podem sim, trabalhar uma COM a outra por uma cidade de todos, crescente e feliz. Com sabedoria salomônica, firmeza e distinção, tudo fará para manter cordial sintonia com o legislativo, propiciando, por consequência, o melhor e mais harmonioso entendimento entre executivo e legislativo. Por outro lado, julgamos ser sobretudo interessante aos vereadores, análise democrática, detida, justa e absolutamente honesta de todos os assuntos com extensão administrativa, permitindo e concedendo a necessária condição de governabilidade ao prefeito. Tem um outro importante aspécto que é preciso ser considerado por todos os vereadores. A eventual dificuldade administrativa da cidade, determinada pelos legisladores ou parte deles terá, deverá e precisará ser convincentemente explicada ao povo através da imprensa. De TODA a imprensa. Projetos aprovados ou rejeitados, certamente serão explicados. Interesses "retaliadores" tem que ser denunciados, repudiados. Há que existir, ética, retidão política, hombridade nas decisões tomadas. Sejam SIM ou NÃO. Agora, no trajeto, daqui prá frente, pode acontecer fato inusitado no govêrno de Carlito Mers. Enquanto no govêrno passado o prefeito com maioria na câmara e plenas condições de administrar, não administrou como podia ou devia e porisso perdeu o poder municipal,... no govêrno presente, quem sabe, com sapiência e perspicácia o novo prefeito possa, com minoria, fazer o que seu antecessor com maioria não fêz. E não é pouca coisa. E a maioria, hoje, admitamos, não é tão grande quanto era Golias. Àquêle, da Bíblia. O Golias caiu, ... lembram ? Mas, enfim, a doçura da liberdade está exatamente na amargura dos grilhões e na busca discutida do consenso. Nesse caminho tem arestas e obstáculos exigindo remoção. Mas não abusemos da doçura. O equilíbrio, a sutileza e a temperança, podem mais que a insídia, a arrogancia, e a prepotência. Para Joinville e sua gente, o futuro começou ontem, dia primeiro de janeiro, inicio de um período de 4 anos. Somente três razões podem comprometer e até transformar em pesadêlo o sonho de uma administração bem sucedida que guarda no peito o senhor Carlito Mers: Incapacidade de gestão e diálogo..., falta de dinheiro e governabilidade... assessoramento indigno e improvidente. Se isso aí, não passar de ilações citadas em um texto e que fluem com a intenção de fechar análise ou racíocinio sobre eventuais causas que poderiam conduzir à derrota um ideal buscado por 20 anos, não há, absolutamente, o que recear. Não haverá, de modo algum, espaço para insegurança e temor. Impossível um político idealista, com vivência além de duas décadas no serviço público, não estar pronto, preparado para administrar a maior cidade catarinense fazendo um govêrno competente, serío, transparente, popular, de restauração, melhorias e realizações. Afinal êle correu atráz dessa chance 5 vezes. Foi além da imaginação do mais otimista... Foi persistente. Foi pertinaz... "Sem mêdo de ser feliz". (Opine) -

Um comentário:

Anônimo disse...

ola Gonzaga, o povo ganhou.sim ganhamos um novo administrator, um politico que sempre lutou por nossa Joinville e desta vez foi por merecer. ja estamos cansados, saude, transporte, educação enfim tudo era um caos em nosso querida joinville . tenhi plena certeza que que o prefeito Carlito ira fazer uma otima administração mesmo tendo a minoria na camara ira provar que nao foi em vão que chegou la ......
meus parabens pelo teu blog ,sempre fui teu admirador. um grande abraço